Windows 10, aposta da Microsoft para 2015Tecnologia da Informação Blog O Gestor

Windows 10, aposta da Microsoft para 2015

Por Luis Marcos Leite | Guest Posts | Sem Comentários
Windows 10 é a aposta da Microsoft para 2015, principalmente no quesito segurança. Confira neste Guest Post escrito por Henrique Viera.

O ano está chegando ao fim e uma das maiores expectativas para 2015 é o lançamento oficial do Windows 10, pela Microsoft. Em busca de mudar a má impressão causada pelo Windows 8 e de expandir mercado, o novo sistema promete diversas melhorias, novas features e aperfeiçoamento na interface e segurança, levando em conta as reclamações e elogios quanto às versões mais antigas, buscando uma melhor experiência para os usuários.

Windows 10,Windows

No Windows 10, a preocupação é com a segurança

A Microsoft está, aos poucos, incorporando no Windows recursos que já são presentes há muito tempo nos antivírus para PC e celular. As novas medidas de segurança incluem, por exemplo, o bloqueio de aplicações não confiáveis, para evitar a entrada de malwares.

Com o novo sistema, haverá a identificação de aplicativos oficiais e permissão direta apenas aos ofereçam real segurança, para tentar diminuir o número de ataques.

“Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft está incluindo uma série de melhorias de segurança que devem tornar o mundo da computação um lugar significativamente mais seguro. Tudo considerado, o Windows 10 tem um futuro muito promissor. Os hackers passarão a ter menos vulnerabilidades a explorar”, explica Brenden Vaughan, gerente de pesquisa de ameaças da Webroot. O próprio Windows 8 já apresentava destaque com relação a segurança, sendo considerado por especialistas como a versão mais segura já lançada.

Apesar disso, a versão anterior do sistema foi alvo de muitas críticas e com o lançamento do Windows 10, previsto para chegar aos desktops só depois de abril de 2015, a empresa espera se distanciar da impressão negativa e dos erros apresentados no Windows 8. Uma das mudanças mais esperadas pelos usuários é o retorno do clássico botão iniciar, que havia sido extinto. Aliás, a ideia é que o Windows 10 tenha uma interface muito mais amigável e bem menos confusa que o anterior. Tendo isso em vista, a nova versão terá uma novidade interessante, que é a possibilidade de criar múltiplas áreas de trabalho, algo que já era possível há bastante tempo nos sistemas operacionais Linux e Mac OS.

Com essa nova versão, a Microsoft visa também alcançar um maior mercado de smartphones e tablets, uma vez que o Windows 10 poderá ser utilizado por todos os aparelhos possíveis e contará com um uma “linguagem comum”, para facilitar na hora de desenvolver aplicativos. Terry Myerson, diretor-executivo da Microsoft, explica “As pessoas que usam PCs, telefones e tablets para trabalhar são os mesmos seres humanos que usam PCs, telefones e tablets em casa para jogar videogame. Nós podemos construir uma experiência de usuário que é agradável para todos”, e completa “Há cerca de um bilhão e meio de pessoas que usam o Windows hoje e o número de devices ultrapassa o de pessoas”. Apesar de não ser exatamente o mesmo sistema, o novo Windows Phone se chamará apenas Windows 10 também, mas será atualizado apenas para os celulares que possuem Windows Phone 8, já que o Windows Phone 7.x possui kernel diferente, que é baseado no antigo Windows CE, enquanto as demais versões são baseadas no NT (algo que pretende ser mantido daqui para frente).

A versão preview do Windows 10 já está disponível para download dos mais ansiosos, mas vale lembrar que por estar ainda em fase de testes, ela apresenta bastante instabilidade, problema que provavelmente já estará resolvido até o lançamento oficial. Já a versão mobile ainda não tem previsão de lançamento.

Para baixar o Windows 10, versão preview, clique aqui.

Tenham todos um feliz 2015!

Guest post - escreva o seu no blog O Gestor

Vote neste post

Servidor Público, Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação, docente de informática freelancer e problogger.

Deixe seu comentário