Linux: usando o pinguim para testar a memória do seu pcTecnologia da Informação Blog O Gestor

Linux: usando o pinguim para testar a memória do seu pc

Por Luis Marcos Leite | Linux | Sem Comentários

Usando o Linux para testar a memória do seu pc

 

Você sabia que o sistema operacional Linux (aquele cujo mascote é o pinguim) pode ser usado como uma poderosa ferramenta de apoio para detectar e ajudar a resolver diversos problemas  de hardware e software que podem ocorrer no seu PC? Um deles é o teste de memória através do programa Memtest.

 

Memtest é um programa open source (código aberto) que efetua testes visando encontrar erros na Memória de Acesso Aleatório, mais conhecida como memória RAM. O Memtest geralmente acompanha várias distribuições Linux, do tipo live-cd, como Ubuntu, Kurumin, BR-Lix, etc.

 

Vamos aprender então como efetuar o teste?

 

1º passo: De posse de uma mídia com uma distribuição live-CD Linux, ligue seu PC , coloque-a no leitor de CD/DVD, entre no Setup, Advanced Setup (a depender da BIOS) e mude a sequência do boot para o sistema inicializar primeiro pelo CD/DVD e salve a mudança antes de sair, apertando para isto, a tecla F10.

setup,inicializar,cd,dvd,primeiro boot,first boot

 

 

2º Passo: Digite no prompt o comando “memtest” (sem as aspas), aperte Enter e espere o programa carregar.

memtest,testar a memória,linux,pc

 

3º Passo: Inicializado o teste, o Memtest começará a procurar por erros na memória, os quais aparecerão em destaque, na cor vermelha, como imagem abaixo:

 

memtest,erro,testar a memória,linux,pc

 

Se o erro for detectado rapidamente, você pode interromper o processo apertando a tecla “Esc”, porém, possa ser que sejam necessárias várias horas pra que o Memtest encontre algum erro. O ideal é que vc deixe o aplicativo rodando de um dia para outro, por exemplo.

 

Pronto.  Hoje você aprendeu como detectar erros de memória usando este fantástico sistema operacional Linux.  Você que é Técnico ou é algum outro profissional da áre de Tecnologia da Infomação (TI) não pode deixar de ter sua distribuição Linux. Aproveite para baixar a sua distro agora mesmo (clique aqui) e aprenda também a:

 

Como usar o Windows para testar a memória RAM do seu pc

Como eliminar o trojan que “transforma pastas em arquivos executáveis” (usando o Linux)

Como proteger pen drive de vírus sem usar antivírus

Como limpar o pente de memória do seu pc

Como testar uma fonte ATX fora do computador

 


Vote neste post

Servidor Público, Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação, docente de informática freelancer e problogger.

Deixe seu comentário