" /> -->

Tecnólogo ou Bacharel? Tecnológico ou Bacharelado?


“Muita gente pensa que o curso tecnológico é um curso de nível técnico. Não é. Por lei, o curso tecnológico tem nível superior – embora sua duração seja de dois a três anos. Seu objetivo é o de formar especialistas em determinadas áreas.”

 

Com as frases acima, o consultor Max Gehringer, em reportagem no quadro “Emprego de A a Z”, exibido no ano de 2008, no programa Fantástico da Rede Globo, iniciou sua explicação sobre as diferenças entre os tipos de cursos superiores Tecnológico e Bacharelado e, principalmente, sobre o primeiro.

bacharel,bacharelado,tecnólogo,tecnológico,curso superior,tecnologia

Bacharel ou Tecnólogo? Tecnólogo ou Bacharel? Oh… dúvida cruel!

 

Bacharelado e Tecnológico – Conceito dos cursos

 

Bacharelado

O bacharelado é uma modalidade clássica de ensino, com duração em torno de 4 ou 5 anos, que visa à formação profissional com sólida base profissional e científica.

Ex: Cientista da Computação

 

Tecnológico

Já um curso superior de tecnologia ou tecnológico é também graduação, como já vimos acima, porém, mais curto (de 2 a 2,5 anos de duração), onde o formado cujo título é Tecnólogo é um especialista em determinada área acadêmica.

Ex.: Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação

 

Os cursos tecnológicos estão atraindo, a cada ano, mais interessados. Confira no artigo:

 

Cursos de tecnologia têm o maior aumento do total de matrículas

 

Fabiano Caxito, especialista em cursos superiores de Tecnologia, declarou o seguinte na reportagem (os grifos são meus):

“Mais de 10% dos alunos matriculados em cursos superiores no Brasil já estão fazendo cursos tecnológicos. É uma explosão, realmente. Hoje, estamos passando por um apagão de mão-de-obra. Temos uma falta de profissionais especializados para os próximos anos. O curso tecnológico forma o profissional mais rapidamente para o mercado de trabalho.”

 

Uma grande queixa dos tecnólogos é que as empresas, ao selecionar os candidatos, não dão ao tecnólogo o mesmo valor que dão ao bacharel. O professor Fabiano Caxito então fez uma pesquisa com 350 empresas de São Paulo para investigar a aceitação do tecnólogo no mercado de trabalho e chegou à seguinte conclusão:

 

“Existe ainda um grande desconhecimento por parte do profissional de recursos humanos sobre o que é o curso tecnológico. Na disputa conta um candidato que estudou em uma faculdade convencional, às vezes o tecnólogo sai perdendo. “Se os dois candidatos não tiverem nenhuma experiência profissional anterior, ainda há uma escolha pelo bacharel.”

 

Para quem é recomendável o bacharelado

  • O curso tecnológico não é recomendável para quem está há muito tempo em uma área e deseja partir para outra área, completamente diferente. Por exemplo: alguém trabalhou diversos anos na área financeira e quer fazer um curso de gestão de marketing. Neste caso, o diploma terá pouco peso porque a empresa obviamente dará preferência a candidatos com experiência anterior em marketing.

 

  • O curso tecnológico também não é recomendável para jovens que estejam em dúvida quanto à carreira que desejam seguir. Neste caso, o curso iria reduzir o leque de opções futuras de emprego.  A sugestão de Max é que o melhor seja o jovem optar por um curso mais generalista, como economia ou administração, por exemplo.

 

Para quem é recomendável o curso tecnológico

  • O curso tecnológico é altamente recomendável para quem já desempenha uma determinada função e deseja se aprofundar nela. Aí  sim, neste caso, o diploma vai se somar à experiência prática e, consequentemente, o  currículo será enriquecido.

 

É verdade que existem cursos tecnológicos de qualidade e outros não (inclusive bacharelados também). Portanto, o primeiro passo que  o interessado deve dar é verificar se o curso é reconhecido pelo MEC, via site  (clique aqui). Depois, deve avaliar se a instituição de ensino tem renome no mercado de trabalho. Isso também pesa muito.

 

“Em resumo, a diferença entre um curso superior de cinco anos e um curso tecnológico é o tamanho do alvo. No mercado de trabalho, quem faz um curso mais longo poderá mirar em vários setores do alvo. Quem faz o curso tecnológico terá que acertar na mosca, conclui Max Gehringer”.

 

 

Assista na íntegra o vídeo sobre a reportagem:

Fonte: http://fantastico.globo.com

 

Espero, com este artigo, ter sanado de uma vez por todas as dúvidas daqueles que não sabiam ainda discernir as diferenças entre os cursos tecnológicos e bacharelados.

 

E você, pretende ser tecnólogo ou bacharel? Participe, deixando seu comentário…

 

E não deixe de ler os artigos:

Pensando em fazer curso tecnólogo? Veja as dicas

Teste vocacional: Qual profissão seguir?

Técnico ou tecnólogo? Faça o teste e escolha

 

 

facebooktwitter

Luis Marcos Leite

Profissional da Área de Tecnologia da Informação. Graduado em Gestão da TI, pós-graduando em EAD, docente de informática e problogger.
Comentar

Comentários (138)

  1. Moacir Garcia

    25/04/2011

    Infelizmente, muitas pessoas ainda não sabem a diferença entre técnico, tecnólogo, licenciado ou bacharel.

    A meu ver, a titulação não importa, mas para muitos isso é importante, principalmente para os bacharéis, que através dos Conselhos de Classe ora existentes, lutam “com unhas e dentes” para impedir que nós, tecnólogos, possamos alcançar nosso espaço no mercado de trabalho.

    Insisto: tecnólogo deve continuar se qualificando para não se rebaixar para ninguém, muito menos aceitar cargo que não condiz com sua formação profissional de nível superior, pois tenho colegas que não se aceitam nem valorizam o que aprenderam durante o curso que fizemos. Estes envergonham a classe, pois se consideram inferiores por terem estudado 2 ou 3 anos.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      26/04/2011

      Moacir,

      Verdade. Se esquecem que o CHA (conhecimento, habilidade e atitude) é que determina quem tem competência pra ocupar as vagas que exigem formação superior e não somente o “tipo” do canudo. Obrigado pela participação.

      Responder

  2. EDIPO

    26/04/2011

    VC ME RESPONDEU NO YAHOO ANSWERS, JÁ SOU TECNOLOGO E NÃO CONSIGO ARRUMAR EMPREGO, ESTAVA CURSANDO ADS, ESTAVA NO 3º SEM. E TRANQUEI, PORQUE VEJO A CERTIFICAÇÃO NA AREA DE T.I VALER MAIS QUE A GRADUAÇÃO, NÃO É A TOA QUE ESSA AREA TEM MILHARES DE ENGENHEIROS, ADMINISTRADORES DE EMPRESAS, PUBLICITARIOS, MATEMATICOS E POR AI VAI, GOSTARIA DE CONVERSAR COM VC POR E-MAIL

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      26/04/2011

      Edipo,

      Para entrar em contato comigo, vá até a home e clique no menu “Contato” em cima do cabeçalho ou então, clique aqui

      Abs.

      Responder

    • Gleison

      10/01/2013

      Sr. Edipo,

      Estou no terceiro semestre Tecnólogo em Marketing em um instituição na cidade de Campo Limpo Paulista.
      Confesso a você que a melhor coisa que pude fazer foi estuar no tecnólogo, sempre irá existir essa tal concorrência, com quem fez faculdade em 5 anos e quem fez em 2. Podemos dizer que o eles ( vc no caso) viram em 4 ou 5 anos, vimos em menos tempo.
      O que importa realmente é se você está empregado ou não, e se não está, já parou para pensar o por que?
      É dessa forma que eu penso! Trabalho a 4 anos na minha área, e supero cada obstáculo a cada dia.

      Boa sorte!

      Obs: Nunca use letras garrafais para escrever uma critica ou qualquer texto, usamos essa letra quando queremos ressaltar alguma palavra na frase ou artigo, dessa maneira parece que está GRITANDO.
      Gleison publicou Retrospectiva 2012 – blog O Gestor – Especialista em Tecnologia da Informação

      Responder

      • Luis Marcos Leite

        10/01/2013

        Vicente,

        Que bom que você é uma pessoa batalhadora. Siga em frente e procure crescer ainda mais. Como sugestão, faça pós-graduação também para poder crescer ainda mais na sua área.
        Obrigado pela participação e volte sempre.

        Responder

    • Flavio

      08/05/2013

      Engenheiros não são tecnólogos, amigo. São bacharéis.

      Responder

      • Luis Marcos Leite

        08/05/2013

        Flavio,

        Não foi isto que o Edipo quis dizer. Releia com atenção o que ele postou, ok? Obrigado pela participação e volte sempre.

        Responder

  3. sidney Diniz

    24/08/2011

    FICO UM POUCO CONFUSO SOBRE ESSE ASPECTO EM QUESTAO DESSE CURSO TECNOLOGO E BACHAREL,QUAL TEM MAIS VALOR NO MERCADO DE TRABALHO

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      24/08/2011

      Sidney,

      Não entendi qual sua dúvida. O artigo e o video são bem esclarecedores…

      Responder

  4. Ana

    19/12/2011

    Sem duvida os cursos de técnologo vem a somar, porém preciso alerta-los de algo que é velado em entrevistas e materias.
    As empresas multinacionais e os melhores salários, nunca, ou quase nunca são direcionados a quem cursou gestão. Explico: dizer que esses cursos não são tão bons quanto o bacharel, essas nunca vão dizer, porém, na hora de contratar, os melhores salários vão sempre pra quem cursou bacharel por que a empresa entende que aquele profissional foi muito melhor preparado. Desculpem os tendenciosos, mas infelizmente, em uma competição entre um Psicologo e um Tecnologo em Gestao de RH a empresa multinacional irá preterivelmente optar pelo Psicologo. Eu acho muito raro o curso de tecnologo chegar nesse ponto de competir a sobreponto com o bacharelado. Trabalho em uma multinacional bem conhecida no pais a mais de 17 anos e sei bem o que estou dizendo. Esses dias mesmo, uma determinada pessoa foi contratada com curso tecnologo porém com salario de assistente SEM formação superior. Conclusão: teve que se matricular no curso de Administração. E a empresa não declarou isso a ele, disse apenas que aquela formação não era suficiente pro salario (algo em torno de 5 mil reais) que os colegas, bacharéis, recebiam. Então, contrataram ele ganhando a metade. Outra coisa que ninguem diz é que as grandes universidades e escolas de pós graduação raramente aprovam pessoas que fizeram gestão pra seus cursos de Pós e MBAs. Outro fato velado: apenas dizem que a pessoa não se qualifica.

    Responder

    • LEANDRO

      02/11/2013

      Boa noite Ana,
      Mas acredito que o segredo do sucesso não está no curso e sim onde se deseja alcançar.
      Sim, pois como você revelou experiência de 17 anos na área, vou citar como exemplo a experiência de um professor que tenho e que admiro muito.
      Meu professor é formado em tecnologia em construção civil pela Fatec – S.P. e o salário dele é em média de 18.000,00 por mês. Embora a questão não seja o salário seu ou dele, o fato é que muitos bacharelados não ganham isto, ou estou errado.

      Responder

  5. Ana

    19/12/2011

    Outro ponto que me esqueci:Se quiser fazer um curso de gestão, opte por um na area de TI/Informatica. Em 17 anos de RH dessa empresa e de consultoria externa, esse é o unico curso de tecnologo que eu vejo tendo exito nas contratações, com bons salários.

    Responder

  6. Luis Marcos Leite

    20/12/2011

    Ana,

    Isto que vc colocou é um absurdo. É triste ver tamanha discriminação com os tecnólogos. Muito triste…

    Pelo menos, duas boas notícias:

    1ª – Tecnologia da Informação (minha área de formação (inclusive) escapa desta discriminação absurda;

    2ª – Órgãos públicos estão começando a incluir os tecnólogos em seus editais de concursos (ou deixando de excluí-los, talvez seja o termo mais apropriado);

    Parabéns pela participação e volte sempre.

    Abs.
    Luis Marcos Leite publicou Redes Sociais é o tema da Edição 3 da Revista Blogosfera

    Responder

  7. Moacir Garcia

    21/12/2011

    Infelizmente tenho de concordar, em parte, com a Ana. No entanto, acredito que essa visão pejorativa do Tecnólogo se dá porque muitos colegas não se empenham o suficiente naquilo que aprenderam ou deveriam ter aprendido em sala de aula.

    Falo isso pois tenho colegas, não só tecnólogos – deixo claro! -, que só “passaram” pela faculdade, nada sabendo sobre sua profissão. Assim, ao serem sabatinados numa entrevista de emprego, em demonstrando falta de conhecimento sobre sua formação acadêmica, são descartados do processo seletivo.

    Já o bacharel chega com vantagem pois a sociedade e o mercado de trabalho consideram que maior tempo em sala de aula é garantia de maior aprendizado. Contudo esquecem ou desconhecem que o Tecnólogo é profissional especializado numa determinada área. E este sim, passou mais tempo de formação teórica e prática na sua atividade-fim.

    Vejamos o curso de Administração. Possui pelo menos 5 ramos, com carga horária total entre 3.000 e 3.200 horas. O conteúdo de Recursos Humanos, por exemplo – contando com Filosofia e Sociologia -, perfazem no máximo 300 (trezentas) horas-aulas. Logo, o Tecnólogo que cursou Gestão de RH, curso de no mínimo 1.600 horas-aulas, estudou pelo menos 1.200 horas de Gestão de Pessoas e mais 400 horas de disciplinas que permitem uma visão sistêmica da empresa – marketing, produção, logística, administração, contabilidade, finanças, etc.

    Conclui-se assim, que o Tecnólogo em RH e não o Administrador teve mais tempo de estudo na disciplina Recursos Humanos, estando, dessa forma, mais preparado para atuação na área de Gestão de Pessoas, se o que conta é o tempo de formação específica.

    Outro exemplo é Medicina. O profissional estudou de “tudo” um pouco, entretanto, se queremos uma resposta eficaz contra males do coração, por exemplo, procuramos quem? Um especialista no assunto e não um “clínico geral”, um generalista.

    Espero o dia em que nós, Tecnólogos, seremos vistos como profissionais de formação acadêmica focada na nossa área de atuação, como é visto em outros países. Mas para isso necessitamos, de fato, nos qualificar e mais importante ainda, demonstrar isso à sociedade e ao mercado de trabalho. Essa parte, na minha opinião, quem deveria fazer é quem está ganhando muito dinheiro com nossa formação acadêmica: as faculdades e universidades.

    MOACIR GARCIA
    Tecnólogo & Educação
    http://tecnologoeeducacao.blogspot.com/
    Moacir Garcia publicou Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro baixa resolução discriminando tecnólogos

    Responder

  8. Ana

    25/12/2011

    Olá Moacir,
    Concordo muito com o que você disse sobre a preparação. Inclusive, tenho me preocupado com o “caso” dos tecnologos pois, cada dia que passa tenho recebido muitos curriculos de pessoas capacitadas , porém tecnologas, que as empresas maiores simplesmente não quere. Exemplo: Eu tinha uma determinada candidata, formada em Gestão Financeira, estava no 5° ano de inglês, boa aparencia e perfil condizentes com a vaga, inclusive experiencia. Não consegui encaixa-la em nenhuma entrevista para Analista Financeiro, com salário médio de 4 mil reais, simplesmente por que as empresas tachavam dizendo: “Quero Administrador ou Economista”. Consegui encaixa-la como Analista Financeiro, ganhando 2 mil reais em uma empresa menor. E isso vem sendo uma constante, por isso tenho me interessado pelo tema. No caso que eu descrevi sobre o Psicologo x Gestor de RH, a empresa, sempre irá procurar o que ele chama de profissional pleno. Quando comparei o Gestor de RH com o Psicologo, apenas o Psicologo poderia substitui-lo neste caso, não o administrador. A empresa procura pelo Psicologo, que assim como o que estudou Gestão, para este caso, teve uma carga horaria muito maior se dedicando ao conhecimento do ser humano e tendo contato com todas as interfaces administrativas da Psicologia, ele é considerado mais preparado. Quando comparamos o Gestor Financeiro com um Economista ou Administrador a carga das materias relativas é igual, é como se o que cursou Gestão tivesse feito um modulo do curso de Administração (já fiz um comparativo de matérias).
    Eu também espero que o técnologo seja melhor reconhecido no mercado, mas tenho que admitir que será uma longa caminhada e ouso dizer que, mesmo assim, o bacharel ainda ficará na frente.

    Responder

    • Juliana Correia

      05/04/2014

      Ana você está tendo uma visão muito superficial do tecnólogo, sou formada em Gestão Comercial e tenho um salário com bem maior do que o de muitos engenheiros e médicos, acho melhor você procurar se atualizar sobre as novas tendências do mercado para empregar melhor no seu trabalho.

      Responder

  9. Luis Marcos Leite

    25/12/2011

    Moacir,

    Muito boa a sua participação, principalmente no exemplo citado da área da medicina.

    Abs.

    Responder

  10. MOACIR GARCIA

    27/12/2011

    Ainda bem que nem todas as pessoas de nosso País precisaram de diploma para estarem onde estão ou ocuparem posição de destaque. Onde estaria Silvio Santos, Lula e outros mais que alcançaram reconhecimento e destaque mundial como pessoas e profissionais que tinham um sonho e o alcançaram.

    Parabéns a essas pessoas, que pelo bom exemplo de seus legados, nos inspiram a lutar, independentemente de nossa formação acadêmica.

    Para finalizar, tanta boicotagem contra tecnólogo e concursos de ponta como Receita e Polícia Federal não há discriminação contra este profissional. Tanto faz o grau acadêmico daquele que passar nas provas (objetivas e discursivas). Nas empresas privadas e demais concursos também deveria ser assim: aquele que for competente fica e quem não for está fora. tenho certeza que muitos tecnólogos estariam “dentro”.

    MOACIR GARCIA
    Tecnólogo & Educação
    http://tecnologoeeducacao.blogspot.com/
    MOACIR GARCIA publicou Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro baixa resolução discriminando tecnólogos

    Responder

  11. Fabiola

    25/01/2012

    Ana, ou alguém que possa me ajudar:
    Estou em dúvida entre cursar Sistemas de Informação ou Gestão da TI. Já sou formada (licenciatura em letras) e inclusive já me informei em uma faculdade, me aceitam com minha formação em letras já ir fazendo pós em áreas de informática. Pretendo fazer isso simultaneo à faculdade, seja qual for, para ganhar tempo (tenho 34 anos).
    A verdade é que não me dou bem como professora, e descobri essa paixão pela TI, e quero seguir nessa área. Especificamente para web, mobile ou e-commerce. Farei algumas pós e cursos livres nas áreas mais desejadas.

    Nesse caso, vocês acham que seria dificil conseguir as vagas como tecnologa? Ou seria melhor a graduação?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      25/01/2012

      Fabiola,

      A meu ver, o tecnólogo na área de TI é mais valorizado do que nas outras áreas, o que pode te trazer alguma restrição é se você de repente fizer algum concurso público e o edital fizer discriminação quanto à inscrição de tecnólogo, mas, temos tentado trabalhar para acabar com essas discriminações (né Moacir?). Mas, olha só, a pós-graduação, no seu caso, poderá servir para “corrigir” sua graduação. Mas, se realmente deseja fazer uma graduação na área de TI, inicialmente, sugiro que leia a nossa série de artigos “Profissionais TI” para que você possa encontrar a profissão TI mais adequada ao seu perfil, inclusive lá descrevo sobre o Bacharel em SI e o Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação. Já que você quer trabalhar com web, mobile ou e-commerce, acesse também as categorias “Cursos de TI” e “EAD“, nessas você encontrará cursos de TI online, de qualidade, com certificado, de gratuitos a pagos e até pós-graduação também.

      Responder

  12. Ana

    01/02/2012

    Fabiola,

    Se você for optar mesmo por fazer um tecnologo, sugiro que faça na area de TI.
    Mas meu conselho sincero com experiencia de 17 anos na area, sugiro que considere fazer um bacharel.
    Esses dias estive em uma Conferencia em Porto Alegre, e a questão dos técnologos está ainda mais “grave” do que eu imaginava. Estou falando de bons empregos, que paguem mais de 4 mil por mês.
    Ouvi de um Diretor de uma empresa bem importante no cenario “mundial” que “Curso de Gestão não é faculdade”.
    Um especialista em Relações trabalhistas deu um parecer até interessante. Disse que, o profissional de gestão não é nem nunca vai ser pário para um bacharel por que ele realmente não foi formado pra isso. Quem criou o curso de Gestão não criou para substituir o Bacharel, criou para atender uma demanda especifica, de empresas que precisavam de profisionais qualificados em apenas uma area. E ele disse também que é super condizente dizer que técnologo irá ganhar mesmo salario de bacharel. Os cursos de tecnologo são muito mais baratos que os de bacharel. Se for assim, quem no mundo vai querer estudar 4 anos, pagar mais caro sendo que estudando apenas dois anos e pagando mais barato teria remuneração equivalente? Seria o fim do Bacharel, brincou ele.
    Achei interessante a colocação.

    Responder

  13. Moacir Garcia

    01/02/2012

    A Especialista em Gestão de Carreiras Thaisa Borin, em sua Obra Gestão de Carreiras, afirma o seguinte: “quase metade de todas as profissões existentes hoje não existirão em 20 anos, e as principais profissões dos próximos 15 anos ainda não surgiram.”

    Além disso, a Revista Você SA, Edição nº 161 (nov/2011), traz como matéria principal: “30 NOVAS CARREIRAS. ENCONTRE A SUA AQUI”. Entre essas 30 profissões do futuro estão pelo menos 05 graduações tecnológicas. Como vê, muitas mudanças no mercado de trabalho ainda ocorrerão, como já têm ocorrido.

    Mais da metade das profissões que temos hoje ainda não existiam há 30 anos. Talvez esteja na hora de revermos nossos conceitos. Principalmente os bacharéis que tanto nos discriminam. Pensem nisso!
    Moacir Garcia publicou Tire dúvidas sobre a lei para uso de meios eletrônicos fora da jornada

    Responder

  14. Ana

    05/02/2012

    Oi Moacir,
    Não sei se você leu meus comentários anteriores, mas eu, assim como você me preocupo muito com a questão dos técnologos pois tenho pessoas qualificadas, porem as empresas simplesmente não querem contratar esses profissionais. Coloquei em um comentário sobre o preconceito velado que existe das empresas para com os técnologos, uma vez que, as revistas exaltam o profissonal mas a realidade é bem diferente. Conversando com este Especialista na Conferencia, passei a enxergar duas linhas de profissionais , com formação diferente, para objetivos diferentes. Sobre essa materia das profissõs eu concordo e discordo, afinal de contas, as profissões como médico, advogado, engenheiro entre muitas outras existem a muito mais de 20 anos. E de 30, 05 serem técnologas, temos sua maioria esmagadora em formação bacharelada.
    Infelizmente a tendencia é sempre essa. Bacharel defende bacharelado. Tecnologo defende tecnologia. Eu, apesar de ser bacharel, tendo manter uma posição neutra, mas preciso alerta-los sobre as facetas desse mercado e me engajo diariamente em conseguir as melhores vagas para estes profissionais.

    Responder

  15. Vivaldo Mendes

    06/02/2012

    Nos países de primeiro mundo (paises desenvolvidos, como os EUA, a Alemanha, a Inglaterra, a França, a Bélgica, etc) o curso de tecnólogo é um curso universitário muito concorrido, pois forma profissionais especializados em áreas do conhecimento com professores que trabalham na área que ministram aulas e compartilham o seu conhecimento teórico e pratico com seus alunos; já os cursos de bacharelado formam generalistas e aqui no nosso país temos professores que ministram aulas de matérias que nunca trabalharam, formando generalistas bem despreparados. Sou tecnólogo e também sou engenheiro e sei muito bem desses fatos.
    O nosso país está precisando de profissionais com formação universitária executora e nesse caso os tecnólogos se bem preparados se encaixam nessa necessidade, pois generalistas de coisa nenhuma o nosso país está cheio.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      06/02/2012

      “Generalistas de coisa nenhuma” é ótima, Vivaldo…rs

      Obrigado pela participação e volte sempre.

      Responder

  16. Rodrigo

    11/06/2012

    Sinto desapontar os tecnólogos(como eu), mas não somos totalmente aceitos ainda em concursos, o da policia federal para perito e o do TJ-AL estão ai para comprovar. Parece que a petrobrás já deixou o preconceito de lado, mas ainda há muita ignorância no Brasil(país de tolos) para enfrentar, e ignorância de uma classe que se diz “alta”.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      11/06/2012

      Rodrigo,

      A Petrobras, por enquanto, só está aceitando tecnólogos formados na área de Tecnologia da Informação. Esperemos um dia que este preconceito acabe de uma vez por todas, com fé em Deus. Obrigado pela participação e volte sempre.

      Responder

  17. Débora

    03/08/2012

    Gostei muito da matéria, estou bem confusa, sou gerente financeira deua industria mesmo tendo somente o ensino médio,tive esta oportunidade, agora quero fazer faculdade, e estava pensando em fazer gestão financeira e processos gerenciais, mas conversei com minha tutora da faculdade e ela me confundiu ainda mais, ela quer que eu faça ciências contabéis mas ao contrário dos outros cursos que são Tecnologicos este de ciências é bacharel.

    Mas os dois são a distância, pela Uninter, os tecnologos já são reconhecidos pelo Mec e o bacharel por ser um curso novo a distância, tem que abrir a primeira turma para ter reconhecimento. Se puderem me ajudar em qual curso fazer, agradeço pois estou pensando no mercado lá fora e não somente na empresa que estou hoje.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      03/08/2012

      Débora,

      Sugiro que vc conheça não somente estes mas também outros cursos tecnológicos, para isto, clique aqui e acesse naquele artigo a fonte “Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia”, para conhecer mais detalhadamente cada curso. Sugiro também que vc leia o artigo “EAD: Você tem perfil de aluno de educação a distância?” e aproveite para fazer o teste para saber se você tem pefil de aluna EaD, ok?

      Responder

  18. klelson

    11/08/2012

    olá quero cursar tecnólogo de materiais na fatec. poderiam me dizer se essa discriminação acontece tbm com esse formado? ouvi dizer que um tecnólogo pode conseguir um titulo de engenheiro em algumas faculdades por eliminação de matérias em torno de 2,5 anos. saberia me dizer se isso é mesmo verdade?

    desde já agradeço.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      12/08/2012

      Klelson,

      Infelizmente não sei te informar. O ideal é que vc consulte a faculdade que oferece o curso de Engenharia citado para saber se a informação é realmente válida. Porém, antes entre em sites que tratam mais a fundo sobre tecnólogos pra saber se há realmente há dificuldade pra o tecnólogo de materiais arrumar emprego.

      Responder

  19. Vinícius

    24/08/2012

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Gradua%C3%A7%C3%A3o_tecnol%C3%B3gica

    Este material do Wikipedia, contém respostas e conteúdos esclarecedores para quem está em dúvidas.

    Responder

  20. J.

    24/09/2012

    Estou terminando o ensino médio este ano e pretendo cursar gastronomia. Gostaria de saber de quem já conhece o mercado, ou tem alguma ideia de como funciona…no curso que escolhi, o que vale mais a pena, bacharelado ou tecnológico?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      24/09/2012

      J.,

      Em relação à gastronomia, infelizmente, não sei te dizer.

      Responder

    • Anderson

      24/03/2014

      Eu particularmente, sou formado em Tecnólogo em Hotelaria, e já trabalhei em cozinhas de Hotéis. Necessariamente o Mercado da gastronomia é bem exigente, principalmente em relação de Mão de Obra, onde a experiencia tem um peso bem maior, do que a referencia entre bacharelado e tecnólogo. Tenho Colegas formados em tecnólogo em gastronomia e hoje são Chef de cozinhas em Hotéis 5 Estrelas, e muitos outros que optaram pelo bacharelado e não conseguiram trabalhar na área. Em relação a isso, vai depender do seu objetivo, se você quer uma base mais solida/ teórica, faça bacharelado, se quer uma experiencia mais pratica, faça tecnólogo. Independentemente dos modos de estudo, pela convivência dentro da área, procure conhecer pessoalmente a convivência dentro da área, para estabelecer diretrizes e focar no que realmente você quer.

      Abraços

      Responder

      • Luis Marcos Leite

        04/04/2014

        Anderson,

        Obrigado por compartilhar conosco seu conhecimento sobre o assunto e também pela sua sugestão. Abs. e volte sempre.

        Responder

  21. Roberto Solla

    10/10/2012

    Prezados, me desculpem , mas diferenciar Tecnólogo de Bacharel é, no meu entender uma tremenda burrice. Não estou querendo ofender, apenas quebrar um paradigma usado apenas e tão somente com o intuito de discriminar. Realmente, em razão do desconhecimento o tecnólogo é discriminado no mercado de trabalho, porém, como dito não existe diferença entre tecnólogo de Bacharel. Prq não há diferença? Aposto que ninguém sabe. Mas eu sei. Não há diferença porque Bacharel não existe! Não??? Como assim? Meus nobre colegas, quem define a divisão dos níveis e modalidades da educação é uma leizinha bonitinha chamada LDB – Lei de Diretrizes e bases da educação, é nela que se define o que é e o que não é. Pois bem, a educação hoje não mais se divide em 1º, 2º e 3º, hoje apenas existe EDUCAÇÃO BÁSICA (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio) E EDUCAÇÃO SUPÉRIOR (art. 21 da LDB). Já o Tecnólogo está definido como graduação da modalidade educação superior (art. 39,§2º, III c/c art. 44, II da LDB). E o mais interessante, as demais graduações (engenharias, medicina, direito, Administração, etc) também estão definidas como graduação na modalidade ensino superior, o que isto quer dizer? Simples, legalmente, Tecnólogo e as demais graduações estão no mesmo nível e hierarquia, sendo ambas, graduação da modalidade nivel superior, ou seja, são a mesma coisa. Não se pode diferenciar Tecnólogo de engenharia, nem de medicina, nem de Administração, pois, repito, ambos são graduação que esta contida na educação superior. O problema apenas é questão de desconhecimento aliado ao corporativismo das demais graduações efetivados através dos conselhos de classe. Mas não se assustem, pois todos cometem este erro, haja vista desconhecerem a lei. a própria instituição de ensino erra ao emitir no diploma o termo “Bacharel”, “Bacharelado”. Como alguém pode ser Bacharel em algo, se bacharel não existe e não foi definido na lei que estabelece e regulamenta a educação? A lei fala em graduação, então temos que falar: sou graduado em Direito, sou graduado em medicina, Sou graduiado em Administração, sou graduado em tecnologia de telecomunicações, sou graduado em licenciatura (art. 62 ldb) .Pois bem, não queira ser bacharel, pois bacharel é nada de coisa alguma. quando disserem que vc é bacharel, diga, não, sou graduado. Boa noite a todos. E aos que tiverem dúvidas quanto aos fundamento e razões deste texto, leiam a LDB, e procurem em outra lei se existe definição para Bacharel. Eu cansei de procurar. Roberto Solla. Advogado, Tecnólogo em Mecânica e Presidente do sindicato dos tecnólogos da Bahia

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      10/10/2012

      Roberto,

      Sensacional sua participação. Vc “acendeu um pavio” aqui nesta discussão e eu vou “jogar gasolina”…rs

      Responder

    • Moacir Garcia

      23/01/2013

      Roberto, excelentes argumentos. Bacharelado, Licenciado e Tecnólogo são títulos ou graus acadêmicos e não profissão. Alguém já ouviu um graduado em Direito responder a quem lhe pergunte: “qual sua profissão?” E este responder: “sou bacharel em Direito.” Certamente ele responderá: “sou advogado, sou juíz, sou promotor de Justiça, …”

      Da mesma forma, qual a profissão do graduado em Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos que oferta consultoria em sua área profissional? Tecnólogo em RH ou Consultor de RH?
      Moacir Garcia publicou Os diferentes tipos de liderança e sua influência no clima organizacional

      Responder

    • Roberto Solla

      30/08/2013

      Nobres, uma questão importante a quem quer fazer concurso e lá diz Bacharel como requisito. Pois bem, ante ao principio da legalidade estrita não pode haver diferenciação ou bacharel ser usado com requisito, pois, Bacharel não existe e pelo principio da legalidade o ente da administração publica so pode fazer aquilo que esta na Lei, ou seja, bacharel não pode ser requisito para admissão em concursom público pois bacharel não tem definição legal

      Responder

      • Luis Marcos Leite

        30/08/2013

        Roberto Solla,

        Como sempre trazendo informações muito valiosas para nosso blog. Esta aí um bom motivo para os tecnólogos que se sentirem prejudicados nos diversos concursos públicos deste Brasil afora correrem atrás dos seus direitos.

        Responder

  22. Douglas

    23/10/2012

    Olá Luis,

    Ano que vem começo a cursar tecnólogo em Análise e desenvolvimento de sistemas, no momento sou aprendiz na empresa INFOGLOBO (RJ) e me apareceu uma oportunidade de estar no setor de T.I para aprender e talz. Minha dúvida é: seria válido eu ir pra lá acompanhar todo o processo de trabalho do setor mesmo não tendo nenhum conhecimento técnico/específico? E outra coisa: Enquanto eu não começo a faculdade, gostaria de saber se existe algum cursinho básico para já começar a ter noçao das coisas que vou ter quando começar os estudos em si.

    Valew Luis, sua página é SHOW, me ajudou DEMAIS em decisões que tive que tomar.
    um grande abraço :)

    Responder

  23. Luis Marcos Leite

    23/10/2012

    Douglas,

    Que bom que pude te ajudar com meu blog. Olha só, se você quer mesmo ser Analista de Sistemas, aproveite sim essa oportunidade de trabalhar no setor de TI mesmo sem ter experiência. Seja sincero com seu futuro chefe e explique que vc não tem experiência na área mas que tem toda boa vontade em aprender. No mais, recomendo que vc inicie fazendo cursos online. Explore os links abaixo (tem muito curso de qualidade, de gratuito a pago):

    http://ogestor.eti.br/categoria/ofertas/cursos-de-ti/

    http://ogestor.eti.br/categoria/ead-2/

    Não deixe de acompanhar o blog e ficar por dentro das novidades.

    Abs.

    Responder

  24. Priscila Fernandes

    03/12/2012

    Olá, sou formada na area da saude, e não estou satisfeita com o restorno da minha profissão, na verdade não gosto mais dessa area, estou muito interessada em fazer sistema de informação, a minha duvida é, não see faço o curso tecnologico ou faço logo o curso superior.Estou muito empolgada para ir para essa area, na verdade sempre quis, mais acabei decidindo por outra area naquela epoca e hoje me arrependo muito.
    Você acha que eu vou ter dificuldade para conseguir um emprego, tendo experiência somente em outra area?
    Desde ja sou grata,
    Priscila Fernandes

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      03/12/2012

      Priscila,

      Desculpe, mas, parece que vc não leu o artigo ou não entendeu que curso tecnológico é curso de nível superior. E se vc deseja fazer Sistemas de Informação é bacharelado. Leia o artigo “PROFISSIONAIS TI: BACHAREL EM SISTEMAS DA INFORMAÇÃO“, que vc terá mais informações sobre esse curso. No mais, vc precisaria voltar suas atenções para a área de TI, fazendo cursos online, por exemplo, para começar(clique aqui) e lendo artigos da área. No mais, acompanhe o blog O Gestor para ficar por dentro das novidades. Gostaria também de saber se sua formação na área de saúde é de nível superior, pois vc poderia fazer, a depender, especialização na área de TI. Abs e obrigado pela confiança.

      Responder

      • Priscila Fernandes

        03/12/2012

        Eu quis dizer entre cursar um bacharel ou tecnologo,desculpe a confusão, sim, eu fiz curso superior na area de fisioterapia.
        Você qua acha que durante o curso de Ti, vai ser facil de conseguir um emprego ou um estagio??

        Responder

  25. Marcos Paulo

    03/01/2013

    No início de 2012, por pouco não me matriculei na Universidade Cândido Mendes para o curso de processos gerenciais. Agora, minha meta pra 2013 é fazer faculdade de qualquer jeito. Já tenho 27 anos e dediquei 6 anos da minha vida (dos 20 aos 26) a uma empresa onde fui promovido diversas vezes, passando de operador de telemarketing (1º cargo) até gerente comercial, sendo que antes fui supervisor, subgerente… NO cargo de gerente comercial fiquei 3 anos… e isso sem ter nível superior, fui sendo promovido demonstrando resultado. A minha dúvida é se com a minha experiência, o curso escolhido é o mais adequado, e que cargos posso ocupar em empresas sendo formado em processos gerenciais. Já me considero “velho” para cursar administração por exemplo(pelo tempo – 4 anos), mas eu teria prejuízo em relação a alguem formado em administração? Só de pensar q se tivesse iniciado em 2012, esse ano já estaria me formando…

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      03/01/2013

      Marcos Paulo,

      Se vc já tem experiência como gerente comercial, sugiro que leia o artigo “Eixos tecnológicos dos cursos superiores de tecnologia” e procure pelos cursos do eixo tecnológico “Gestão e Negócios”, que vc encontrará o curso mais adequado para você. Quando encontrar posta lá nos comentários, ok? No mais, obrigado pela participação e feliz 2013.

      Responder

  26. Tony

    05/01/2013

    Estou terminando um corso de Tecnologia em Gestão Financeira, mas estou em dulvida que curso fazer posteriormente (Eu entendo perfeitamente a diferença entre Tecnólogo e Bacharel. Mas penso em termos de carreira e aceitação no mercado de trabalho). Que conselho você me daria: Bacharelado ou Pós-graduação?

    Desde já agradeço seu cumentário.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      06/01/2013

      Tony,

      Veja só, a pós-graduação, além de enriquecer seu currículo, poderá servir também como prova de título, caso vc deseje prestar concurso público e seja aprovado, entende? Pense nisto, mas, a decisão, obviamente, é sua.

      Responder

  27. Robson Luiz

    06/01/2013

    Ola Luís ! blz ? gostaria de uma dica sua, seguinte, eu trabalho com informatica (montagem e manutenção de pcs) ja faz uns 6 anos + ou -, atualmente estou fazendo o curso de Tecnico em informatica para internet na ETEC, e quero fazer o curso de sistemas de informação, quero trabalhar em alguma empresa multinacional (tenho algumas empresas em mente, pois ja pesquisei algumas) porem a minha duvida é: faço um curso tecnologo de Analise e desenvolvimento de sistemas ou tento fazer uma faculdade de 4 anos de SI ? sei que tem algumas empresas que não contrata quem tem curso tecnologo ( tenho um amigo que trabalha numa multinacional que so contrata quem é bacharel), entao tenho essa duvida, estou com 26 anos e quero tomar a decisão certa para quando chegar aos 30 ja estar bem empregado e ganhando bem.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      06/01/2013

      Robson,

      Essa é uma dura realidade. Muitas empresas não contratam tecnólogos por puro preconceito ou porque possui gente incompetente no departamento de RH que desconhece os cursos tecnológicos chegando ao absurdo de confundí-los com cursos técnicos. Geralmente a carência de profissionais na área de TI é grande (leia o artigo “200 mil vagas em TI poderão estar abertas até 2013)”. A carência é tão grande que até a Petrobras que antigamente não aceitava tecnólogos em seu quadro, já passou a aceitar (veja em “Quais os tecnólogos em TI que a Petrobras quer em seu quadro“), o que contribui para ser um campo mais aberto para os tecnólogos. Sinto muito, mas, vc vai ter de descobrir por si só na sua região como está o mercado para os tecnólogos na área pleiteada, óbvio.

      Responder

      • Robson Luiz

        06/01/2013

        Obrigado pela resposta Luis ! entendo o que vc disse, no caso a minha intensão é tentar entrar em alguma multinacional em SP mesmo (atualmente moro em Itanhaem – Litoral Sul) e como eu disse tenho o “foco” em algumas empresas, mas acabei ficando com essa duvida…

        Responder

        • Luis Marcos Leite

          06/01/2013

          Tranquilo, Robson. Volte e participe sempre. Feliz 2013.

          Responder

          • Robson Luiz

            06/01/2013

            Obrigado Luis ! valeu pela força…q Deus abençoe ! Abraço.

          • Luis Marcos Leite

            07/01/2013

            Que Deus abençoe a ti tb, Robson Luiz. Abs.

  28. jaideson

    11/01/2013

    boa tarde gostaria de saber se o cursos gestao de recursos humananos e bem aceito no mercado de trabalho
    até agora estou em duvida entre dois cursos gestao de RH e processos gerenciais , quais dos dois e bem aceito no mercado e qual ganha mais ? processos gerenciais tem mais chance de crecer do que gestao de RH

    Responder

    • Moacir Garcia

      14/01/2013

      Como este artigo deixa claro, dependendo da idade, do perfil do profissional, do mercado de trabalho em sua região, etc, o curso superior que você fizer vai te levar aos seus objetivos ou não. Infelizmente, o bacharelado ainda é o curso mais aceito, embora os cursos de graduação tecnológica, principalmente na área de TI, comecem a ser “vistos com outros olhos” pelo mercado.

      Há um obstáculo que impede a valorização e aceitação do tecnólogo no mercado de trabalho: alguns Conselhos de Classe – Sistema CFA/CRA e Sistema Confea/CREA. Estas entidades representam, embora aceitem nosso registro profissional, digo, anuidades -, representam somente os bachareis ali inscritos.

      Além disso, muitos tecnólogos concluem seus cursos e nos envergonham por falta de conhecimento daquilo que deveriam saber. Não sabem escrever, argumentar, não têm capacidade de síntese e análise. Isso cria uma imagem negativa sobre nossa categoria profissional.

      Quanto à sua pergunta, Jaideson, considero que ambos os cursos são bons e possuem boa aceitação. A área de RH, por exemplo, é muito ampla, requerendo muitos estudos para o profissional conseguir “dar conta do recado”. Embora haja vários Subsistemas de RH, algumas empresas alocam o profissional principalmente no Depto Pessoal (DP), como se Recursos Humanos fosse só isso. Então, se você optar por RH, dê atenção especial à legislação trabalhista e disciplinas de DP. Já o curso de processos gerenciais, vai te dar uma visão empreendedora, dependendo da grade e da instituição em que estude, é claro!

      Oriento a analisar a grade curricular dos referidos cursos, e escolher aquele que possui disciplinas que você possui mais afinidade. Por exemplo, no curso de Processos Gerenciais você terá mais matemática e contabilidade que no curso de RH.

      Assim, não adianta escolher o curso só por que ganhará mais ou menos, se não conseguir aprender o suficiente para ser um bom profissional. Por fim, além do diploma, uma coisa que fará grande diferença entre estar empregado ou não é seu networking, ou seja, como você se relaciona com seus contatos, bem como sua atitude positiva diante dos desafios.
      Moacir Garcia publicou Os diferentes tipos de liderança e sua influência no clima organizacional

      Responder

  29. jaideson

    11/01/2013

    Ah moro em belo horizonte eles falam que no sul e no suldeste tem mais vagas de emprego isso e verdade e quanto que é o salario dessas duas areas gestao de RH e processos gerenciais

    Responder

  30. Felipe

    16/01/2013

    Luis, parabéns pelo blog, muito interessante e explicativo.

    Responder

  31. jonas

    07/02/2013

    Sou formado em Tecnologia logística e tb sofro preconceito de mercado. Mesmo em concursos como a Petrobrás não se aceita tecnólogos. No cargo de analista de logística e comercialização aceita-se Administração, Comércio Exterior, Economia, Engenharia, Estatística, Física, Química, Marketing, Matemática ou Relações
    Internacionais mas não se aceita tecnólogo em logística. Até para estágios a Petrobrás declara tacitamente em seu site que não oferece estágio para tecnólogos.
    Se nem o governo reconhece este tipo de formação pq o mercado reconheceria???

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      07/02/2013

      Jonas,

      É uma tristeza isto. Mas, não desista, siga em frente, faça especialização, se prepare para concursos públicos. Espero que um dia esta realidade mude.

      Responder

  32. Laine

    27/02/2013

    Boa noite ! Nossa n sei o que fazer estou com tanto medo…
    Começo minha faculdade de tecnólogo Gestão em RH nessa segunda-feira as vezes nem consigo dormir de tanto pensar no meu futuro se realmente as empresas não vão me aceitar … Estou com foco na caixa economica aqui em PE queria tanto me dar bem nessa area.
    Ja estou com 20 anos ja perdi 2 anos da minha vida desde q terminei o colegial!
    Ja era p estar bem adiantada em algo e quando eu escolho uma area q he trabalhar em empresas nesse departamente me deparo com essa situação …
    To com medo gente :(
    Com 25 anos eu ja queria estar bem estruturada e terminando uma pos-graduação!!!
    Um xerooooo p todos e sucessos fik com DEUS !!!

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      01/03/2013

      Laine,

      Fique tranquila. Caso tenha dificuldade para conseguir emprego em empresa privada (espero que não tenha) tentar concurso público é uma boa opção. No mais, faça cursos complementares e pós-graduação poderá vir a ser necessária também.
      Obrigado pela participação e volte sempre.

      Responder

  33. Luca

    04/03/2013

    Quem possue o Diploma de Tecnolodo em Gestão de Negocios de Finanças, pode prestar concurso publicos para o cargo de Administração( nível superior? Ou somente em Nível Técnico?) Na empresa que trabalho tenho registro de Assistente administrativa.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      04/03/2013

      Luca,

      Você poderá prestar concurso para sua graduação ou se exigir somente a graduação sem distinguir a área, compreende? Abs e volte sempre.

      Responder

  34. jaideson

    24/03/2013

    bom dia, gostaria desaber o que vcs acham de biomedicina e uma area boa??? meus amigos estao me falando que ganha pouco e nao e reconhcido e uma profissao nova sera que u consigo arruma mprego nessa area estou com muita duvida a rspeito disso nao sei o que fazer

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      18/04/2013

      Jaideson,

      Sinceramente não sei te responder. Sugiro que faça uma pesquisa na cidade onde pretende trabalhar. Abs.

      Responder

  35. Lidiane

    02/04/2013

    Olá Luis boa noite.
    Tenho 25 anos, sou formada em Turismo porém estou insatisfeita nessa área e a alguns meses venho me interessando bastante por Design Gráfico.
    Conhece algo sobre esta profissão? Pretendo fazer o tecnólogo,até pela minha idade, ficar mais 4 anos na faculdade não estava nos meus planos, mas estou com “medo” de não conseguir emprego com todos esse preconceito sobre tecnólogo.
    O que você me aconselha o tecnólogo ou o bacharelado logo?
    obrigada

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      18/04/2013

      Lidiane,

      Por não conhecer não posso te dar informação sobre Design Gráfico. Sugiro que faça uma pesquisa na sua cidade sobre ofertas de emprego para o profissional da área. Já que você já tem curso superior, já pensou em fazer uma pós-graduação, mesmo fora da sua área de formação? Pense nisto.

      Responder

    • Lucas Mateus

      29/07/2013

      Lidiane, não sou formado em Design Gráfico, mas tenho um grande amigo que fez tecnólogo na área e tentou se mudar para SP. Ele participou de algumas entrevistas para grandes agências e não conseguiu ser chamado para nenhuma delas. Disseram que ele não tinha conhecimento em inglês adequado ou outras desculpas que não colaram. Suspeito que ele tenha sido mais um a sofrer de discriminação por ser um tecnólogo. Infelizmente, como já disseram, o mercado prefere (erroneamente) um graduado em Design (com 4 anos de formação), apesar do meu amigo ser muito competente e já ter experiência na área.

      Responder

  36. RENAN NUNES P. DA SILVA.

    08/04/2013

    oi,

    estou cursando administração ead , e gostaria de saber se eu quiser fazer uma pós graduação em finanças , mba em finanças , teria o mesmo efeito fazendo um curso de tecnólogo em gestão de finanças , para agregar a minha faculdade?
    podem me responder com base nas suas experiências ?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      18/04/2013

      Renan,

      A pós-graduação na área que deseja fará de você um especialista em finanças (teoricamente falando). Abs.

      Responder

      • Mateus

        27/04/2013

        Luis
        Parabéns pelo seu trabalho, há muita informação edificante aqui.

        Na minha opinião, a maior diferença entre o curso de tecnologia e o bacharelado está na “velocidade do curso”. Aquele que opta pelo curso de tecnologia deve estar preparado para MATAR UM LEÃO POR DIA, pois o tempo é curto, você precisa apresentar resultados suficientes para a formação de um profissional ESPECIALIZADO diante de uma carga horária mais reduzida.

        Tecnicamente o bacharel possui formação tradicional (conforme parâmetros estabelecidos há varias gerações), possui conhecimento em macro, mas não conhece nada a fundo, sendo que, fica a critério de cada profissional se especializar dentro do mercado de trabalho.

        Já o tecnólogo possui formação específica (conforme parâmetros estabelecidos pelo mercado de trabalho atual, visa acompanhar a tecnologia da época), tende a ignorar disciplinas que não são aproveitadas no campo de atuação do profissional.

        Por exemplo, na área mecânica, o tecnólogo em fabricação tem a sua especialidade as disciplinas voltadas para tecnologia de usinagem (“b-a-bá da mecânica”), sendo a CARGA HORÁRIA: 280 horas.

        O engenheiro mecânico (que não possui especialidade) tem carga horária nas disciplinas de tecnologia de usinagem de APENAS 60 horas.

        Bom lembrar que o diferencial está no profissional, e, o importante é esse atuar dentro de sua área especifica seja tecnólogo ou bacharel.

        No meu caso, eu abri mão de estudar engenharia em uma faculdade particular como bolsista 100% para estudar tecnologia em uma faculdade publica, motivo: tamanho do desafio, empregabilidade(96%), satisfação pessoal. Hoje não me arrependo pois possuo nível superior de verdade: SOU ESPECIALISTA.

        Sou técnico em mecânica, estou concluindo tecnologia mecânica, e, é possível obter título de engenheiro estudando mais 2 ou 2,5 anos com várias aulas vagas e um mega desconto na mensalidade de uma faculdade particular (tornaria: técnico, tecnólogo, e engenheiro).

        Existem excelentes cursos tecnológicos como também ótimos cursos tradicionais (bacharelado).

        O certo é, toda formação superior deve ser muito bem aproveitada pelo aluno, e devemos estudar de acordo com o mercado e o alvo que desejamos atingir. Pois a faculdade nos mostra o caminho, nós quem fazemos a diferença, e, é no trabalho que aprendemos de verdade.

        Grande abraço…

        Responder

        • Mateus

          27/04/2013

          Outra coisa
          A faculdade de tecnologia que aparece no vídeo está entre as melhores faculdades do pais.

          Abraços…

          Responder

        • Luis Marcos Leite

          28/04/2013

          Mateus,

          Uma bela contribuição sua, comentando este artigo. Espero que sua experiência aqui contada ajude a muitos outros leitores. Obrigado pela participação e volte sempre.

          Responder

  37. Luana

    22/05/2013

    Olá,
    Gostaria de saber se fazendo o Técnolo em gestao de revursos humanos consigo eliminar materias em Psicologia e se sim quais/
    Luana publicou Listhings, seu mural de recados na nuvem

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      22/05/2013

      Luana,

      Infelizmente não sei te dizer.

      Responder

    • Lucas Mateus

      29/07/2013

      Dependendo da instituição, a disciplina de Psicologia Organizacional pode ser aproveitada.

      Responder

  38. Anderson

    24/05/2013

    Olá.
    No seu entendimento quando se determinado Edital para o cargo de “Analista Administrativo”, pede como requisito DE FORMAÇÃO PARA TOMAR POSSE “CURSO SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO + registro no CRA”, poderia, no meu caso, Tecnólogo em Gestão Pública tomar posse?
    Note que o cargo em questão é Analista, e não Administrador.
    Observo também, que possuo tal registro e meu curso é na área de Administração.

    Obrigado.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      26/05/2013

      Anderson,

      Obrigado pelo contato. Olha só, o fato de você ser registrado no CRA não quer dizer que seu curso é Administração, eu por exemplo, sou graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, porém, também sou registrado no CRA. O curso que você fez pertence ao eixo tecnológico “Gestão e Negócios” (clique aqui e veja). Portanto, se a formação exigida é em Administração, a meu ver, sua graduação não permite que você possa exercer o cargo, segundo o edital.

      Responder

  39. caeline maria camelo dos santos

    28/05/2013

    gostaria de saber se que faz uma graduação tecnologa seja ela qual for ,vou dar um exemplo gestão financeira ,quem faz uma graduação desse tipo pode lecionar (dar aulas ) ou tem que fazer algum tipo de pos graduação um ex pos graduação em docencia superior.se alguem poder me ajudar eu agradeço

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      29/05/2013

      Caeline,

      Encontra-se tramitando no Congresso o Projeto de Lei 2245/07 que visa regulamentar a profissão do Tecnólogo, que no seu artigo 2º, inciso X, traz como uma das atividades do tecnólogo – “exercer o ensino, a pesquisa, a análise, a
      experimentação e o ensaio;”, entretanto, caso seja de interesse lecionar, seria interessante você fazer pós em docência e ou mestrado, a depender da entidade que você queira trabalhar.

      Responder

  40. Ruan Lucas

    31/05/2013

    Pessoal eu tenho 17 anos e ja trabalho com computador faz 5 anos kk,pode parecer brincadeira mas é verdade,nao possuo nenhum curso nada e tenho base em muita coisa que aprendi sozinho,desde simples manutençao até com servidor dedicado e mais umas coisas, estou muito em duvida de qual curso de graduaçao fazer ,tenho em mente ciencias da computaçao mas so tem longe da minha cidade , me dou bem com programaçao e matematica também, se voces puderem me ajudar ficaria muito agradecido.

    Responder

  41. Juliana

    19/07/2013

    Gostaria de saber se é aconselhável, como no meu caso, sou bacharel em Direito e pós graduada de Registro Imobiliário e Notarial, mas queria ampliar meus conhecimentos, e partir para a área de Recursos Humanos, eu partiria para um tecnologico ou poderia ir para a pós graduação em RH direto?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      30/07/2013

      Juliana,

      A meu ver, nada impede de você fazer especialização em RH, porém, talvez por você não ter a graduação em RH poderá ter dificuldade na pós. É minha opinião, mas a pessoa mais indicada para responder sua pergunta é o Moacir Garcia.

      Responder

    • Moacir Garcia

      30/07/2013

      Marcos Leite,

      obrigado pela consideração. Em resposta a nossa colega Juliana, posso dizer o seguinte: ela é graduada em direito com especialização na área, e seu interesse em RH seria apenas para ampliar conhecimento e não para ter mais uma habilitação profissional, se é que entendi. Assim, acredito que uma pós-graduação poderá atender seu objetivo, com algumas ressalvas.

      Juliana, saiba que a despeito das variadas habilidades que possuimos ou podemos possuir, a que mais reprova os profissionais no mercado de trabalho na atualidade é a habilidade de lidar com pessoas. Podemos ser excelentes técnicos naquilo que fazemos, no entanto, se não desenvolvermos essa habilidade – conviver com pessoas, nos interessarmos por elas, dividirmos o fardo um do outro, etc – não seremos vistos como bons profissionais.

      Vivemos num mundo onde “é cada um por sim e…”, onde acreditamos que fazendo nossa parte está tudo bem. Todavia, não é mais assim. Precisamos entender o significado da palavra SINERGIA. Também o que significa EMPATIA. Se colocarmos em prática o sentido real dessas duas palavrinhas, conseguiremos conviver bem com todo mundo.

      É claro que essa minha visão é utópica, pois, por mais que façamos para um patrão explorador, ele sempre exigirá mais de nós. Por mais que façamos por um “amigo” que só quer “vem a nós”, ele nunca estará satisfeito.

      Onde quero chegar com isso? Independentemente de minha ou de sua formação acadêmico-profissional, não podemos ignorar que conhecendo melhor o ser humano, como ele pensa, o que o motiva, como despertar sua atenção, etc em muito nos ajudará, pessoal e profissionalmente. Dessa forma, o estudo de Psicologia, da Gestão de Pessoas, da Programação Neurolinguística (PNL) e de outras ferramentas que visam melhorar a relação entre as pessoas, sempre será válida para vivermos em harmonia, principalmente no ambiente de trabalho.

      Assim, recomendo que comece por um curso de PNL. Além disso, indico a leitura de uma revista de Gestão de Pessoas muito boa: Você SA. Com estes novos conhecimentos você terá mais base para decidir se será viável ou não fazer uma pós em RH, pois não gastamos somente dinheiro quando fazemos cursos. Também investimos (ou desperdiçamos) tempo, que depois da Vida, é nosso bem intangível mais precioso. Pense nisso!

      Gostaria de um feedback, se meus apontamentos foram úteis. Obrigado pela oportunidade e pela confiança, meu amigo Leite. E desejo muito mais sucesso em sua vida!
      Moacir Garcia publicou LEI Nº 12.812-2013: Dispõe sobre a Estabilidade Provisória da Gestante

      Responder

  42. Lucas Mateus

    29/07/2013

    Excelente tópico. Não é a toa que esse debate está rolando há mais de 2 anos, rs. Sou formado em Pedagogia por uma instituição Federal, pós-graduado em Gestão de Pessoas e acho posso dizer com sobriedade e certa “competência”: o termo “generalista de coisa alguma” dado a quem faz graduação de 4 anos ou mais, dita por Vivaldo, é perfeito! rs. Sabemos tudo, mas ao mesmo tempo não sabemos de nada, pois estudamos tantos assuntos (Antropologia, Sociologia, Estatística, Psicologia, etc.) que os específicos à nossa área de atuação são ironicamente superficializados. O mais curioso é que o curso de Pedagogia passou por uma reformulação recentemente e o que mais se “atualizou” foi a carga horária do estágio. Ou seja, ainda aprende-se pouco da área específica e agora precisa-se atuar mais para mostrar “competência”.

    Na minha opinião, o GRADUADO de 4 anos ou mais (paremos de usar o termo “bacharel” para impor superioridade) tem sua importância numa empresa, já que dispõe de um conhecimento holístico maior que o tecnólogo, porém o último dispõe de maior sabedoria específica da área. No mundo moderno, não podemos segregar pessoas por terem formações diferentes, mas muito pelo contrário, devemos uni-las e AGREGAR conhecimentos! Estou pensando em fazer Gestão de RH e migrar para essa área por vejo que é um campo riquíssimo e, acredito eu, poderá agregar meus conhecimentos em Pedagogia e Gestão de Pessoas. Gostaria da opinião do Luiz Marcos Leite e de quem quiser opinar sobre essa decisão.

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      30/07/2013

      Lucas Mateus,

      Sereno e importante o seu comentário. Quanto a fazer Gestão de RH, acredito que o Moacir Garcia poderá emitir uma opinião bem mais relevante que a minha. Abs.

      Responder

      • Moacir Garcia

        30/07/2013

        Mais uma vez obrigado!

        Vivemos um momento em que as empresas perceberam que só obtemos/obteremos resultados por meio das pessoas. Isso quer dizer que, se não houver investimento em capacitação profissional o negócio não vai pra frente. Essa necessidade de profissionais capacitados fez prosperar o nicho da Gestão de pessoas, principalmente a área de treinamento e desenvolvimento humano. No entanto há um impasse, pelo menos para nós, tecnólogos: em toda empresa tem pelo menos um ADMINISTRADOR. Este, seguindo ordens do (preconceituoso) Sistema CFA/CRA não contrata graduado tecnólogo. Ou o contrata para cargos de auxiliar.

        O que pretendo mostrar é que não há problema com nosso curso superior. O que existe é um lobby muito intenso do Conselho de Administração que denigre a imagem do tecnólogo no mercado de trabalho e na mídia, colocando-nos na condição de meros auxiliares de bacharéis. E aquilo que uma instituição “respeitável” pregar, isso será tomado como verdade. É o efeito Rosenthal ou Pigmaleão.

        Assim, sugiro pesquisar nas empresas de Gestão de Pessoas a contratação de tecnólogo para cargos de nível superior. Sugiro até mesmo o preenchimento de currículo online colocando-se como graduado tecnólogo e esperar contato…

        Nada obsta, no entanto, que faça uma especialização em RH, uma vez que este curso sempre agrega uma visão mais ampla sobre o ser humano. E acredito também que, como Lucas Mateus já possui outro curso superior, não encontrará dificuldade para se inserir no mercado de trabalho na área de Gestão de pessoas.

        Posso dizer que a maioria dos tecnólogos que não conseguem se inserir no mercado de trabalho, a despeito da perseguição do Sistema CFA/CRA, não o fazem por falta de qualificação profissional. Explico: curso superior tãoa somente, quase todo mundo tem. Você precisa ter pós, cursos de extensão e muito mais, para que as empresas percebam que você não parou no tempo. Aquilo que aprendi na faculdade em 2008 já ficou ultrapassado, se eu não continuasse aprendendo das mais diversas maneiras, fazendo cursos (presenciais, online, etc), leitura de revistas especializadas e artigos, comentar matérias na web, etc.

        Recebo diariamente muitos emails de tecnólogos. Posso dizer que a maioria não sabe escrever direito, nem conhecem o curso que fizeram, se podem dar prossegumento nos estudos, etc. Isso não é culpa do curso, no meu ver. Isso é pessoal, pois a faculdade não vai obrigar o discente a ler livros e apostilas sobre o curso que está fazendo. Isso é inerente a cada aluno. Muitos tecnólogos continuam estudando, se aperfeiçoamento. Mas um grupo continua esperando que o mercado fique com pena deles e os contrate somente com seu curso superior específico. Infelizmente quem dita as regras e o mercado. Isso já dizia Adam Smith há muito tempo.

        Em suma, continuem se qualificando, façam pós, cursos diversos, leiam revistas especializadas, assistam a filmes, façam qualquer coisa, só não parem de aprender nem ignore as pessoas, pois em tempos globalizados conta mais nossa rede de relacionamentos que até mesmo nosso diploma.

        Pendem nisso!
        Moacir Garcia publicou LEI Nº 12.812-2013: Dispõe sobre a Estabilidade Provisória da Gestante

        Responder

  43. rute vitoria

    24/08/2013

    olá luis tudo bem ? vi o seu blog e achei muito interessante a abordagem do tema…pois tenho interesse em fazer um curso tecnológico- em gestão de comércio exterior.aguardo respostas e vou continuar participando ..parabéns pela iniciativa..

    Responder

  44. rute vitoria

    24/08/2013

    ah se possível , gostaria que voçe colocasse um link “oferta de emprego” na área de tecnológo em comércio exterior ..desde já aaaaaaaagradecida e até mais..rsrs até breve.

    Responder

  45. Wesley

    25/09/2013

    Olá gostaria de saber qual dos dois cursos superiores devo escolher Sistema da Informação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

    Responder

  46. Camila

    02/10/2013

    Olá boa tarde. Sou bacharel em Direito e também sempre me interessei pela área administrativa. Gostaria de saber se no meu caso seria melhor um curso de gestão em recursos humanos ou técnico administrativo.

    Responder

  47. Bruno Moraes

    22/10/2013

    Olá, eu sofro com esse “preconceito” contra Tecnólogo.
    Sou Técnico em Gestão Empresarial e formado em Marketing (Tecnólogo) e sempre perco a vez para um bacharel!!!! Cansado disso pensei em fazer uma faculdade de Administração, mas será que ao invés de optar por mais uma graduação eu optar por um MBA presencial já seria o suficiente para amenizar esse “preconceito”?
    Pretendo iniciar um curso de Inglês também? Aguardo uma resposta que possa me ajudar.
    Grato

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      04/11/2013

      Bruno,

      Já que você já tem uma graduação, uma pós-graduação pode te ajudar, sim. Inclusive, você pode até fazer uma pós fora da sua área de formação. Agora procure ver na sua cidade quais os profissionais que o mercado procura, ok? Quanto a fazer inglês é um diferencial em relação a outros candidatos numa seleção por vagas, por exemplo. Espero ter te ajudado. Abs. e volte sempre.

      Responder

  48. Naíla

    01/11/2013

    Boa noite! Já pesquisei um pouco mas não consigo achar uma resposta pra minha dúvida. Bom, tenho 17 anos e penso em fazer um tecnólogo na minha cidade pois o Bacharelado não existe. Gostando da área, o que acho que vai acontecer, pretendo fazer o Bacharelado em outro Estado, já que quero muito a bagagem teórica. Como os dois têm diploma de curso superior, aí mora a questão: por lei, posso fazer um e depois o outro? Desde já muito obrigada

    Responder

  49. Ricardo

    04/01/2014

    Olá a todos, Tenho 26 Anos, trabalho a 3 anos com vendas. na minha antiga empresa cheguei a ser supervisor de vendas. Estou pensando em fazer um curso de gestão comercial para poder dar uma alavancada na minha carreira e pleitear cargos mais altos(como gerente de lojas) porem todas as empresas grandes pedem ensino superior completo para esses cargos. será que esse curso de gestão comercial atenderia minhas necessidades?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      12/01/2014

      Ricardo,

      Acredito que, teoricamente, sim, pois, o curso de Gestão Comercial é voltado para quem deseja ser Gerente Comercial.

      Responder

  50. Fernanda

    16/01/2014

    Eu estou com medo,também por que estou cursando Gestão em Recursos Humanos,já estou no 2° período, e apesar do meu curso não exigir estágio, gostaria muito de arrumar um , mas o problema e que não consigo,e quando eu olho as oportunidade de estágio as empresas pedem para área de recursos humanos psicólogos ou invés do gestor.
    Gosto muito da areá que escolhi mas estou com medo??

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      04/04/2014

      Fernanda,

      Não fique assim. Se você gosta do curso, siga em frente e procure fazer cursos e e especializações para melhorar seu currículo. Concursos público também é uma boa pedida, ok?

      Responder

  51. Vanessa Bulhões

    17/01/2014

    Bom dia, estou em duvida entre cursar gestão de RH ou Administração, queria o gestão de rh por ser mais curto e eu ter a oportunidade de arrumar um emprego melhor logo, mas pelo o que li aqui se tem muito preconceito quando aos tecnólogos, então seria mais certo eu me formar em ADM ???

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      04/04/2014

      Vanessa,

      Antes de definir procure ver como está a oferta de emprego para Gestores de RH na sua cidade e o que as empresas exigem, ok?

      Responder

  52. Alexsandro

    13/02/2014

    Bom dia amigos,gostaria de saber se as empresas ainda estão com esse preconceito contra os tecnólogos.Fim do mês agora começo minha graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, e gostaria de saber se é uma área fácil de se arrumar emprego,quando em média ganha um profissional desse recém-formado,e após formado, quais as opções de pós-graduação para essa área?
    Desde já agradeço a todos,um forte abraço.

    Responder

  53. Fabiano

    19/02/2014

    Primeiramente parabéns pela qualidade do seu site.
    Estou matriculado no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas no IFSP. Mas, com todo esse preconceito do mercado de trabalho com os tecnólogos, estou pensando em partir para um sonho meu de cursar Arquitetura e Urbanismo em uma faculdade particular (ganhei bolsa integral).

    Você acha que seria uma boa escolha? Tenho medo de continuar no tecnólogo e depois não conseguir trabalho, pois na maioria das vagas exigem Ciência da Computação, Sistemas da Informação, etc…

    Obrigado, aguardo respostas.

    Abraços!!!

    Responder

  54. Danilo

    14/03/2014

    Estou cursando o 2 periodo do bacharelado em ciências contábeis EAD, Mais estou pensando em fazer tecnologo em gestão financeira, no caso os dois ao mesmo tempo, pois me formaria logo em gestão financeira e fazia uma pós mais rapido em quando eu acabava contábeis, o que vc acha? seria uma boa? um diferencial?

    Responder

  55. GABRIEL SANTOS

    19/03/2014

    Boa tarde fiz curso em gestão de recursos humanos, posso me candidatar as vagas de ensino superior?
    com a exigência de administração?

    Responder

  56. Natty Trentin

    27/03/2014

    Olá, eu tenho 17 anos e já comecei no tecnológico. Faço gestão de Marketing e estou gostando muito. Espero que no futuro eu consiga arrumar um emprego na área.

    Responder

  57. Vanessa

    01/04/2014

    Olá Luis,
    Sou graduada em Gestão Financeira e estou terminando minha MBA em administracão e gestão do conhecimento.
    Vamos ver se você pode me ajudar com algumas dúvidas…
    Gostaria de saber se é possível, como tecnóloga, existe a possibilidade de conseguir me tornar bacharel em administração de empresas, sem ter que fazer tudo..desde o início. Na Uninter, onde me formei, tem Administração de Empresas (bacharel), e me parece, que posso eliminar algumas matérias que já conclui no outro curso (se forem as mesmas). Será que isso vale também para uma faculdade presencial?
    OUTRA DÚVIDA…
    Quando se abre concurso para nível superior, qualquer pessoa graduada pode fazer!
    mas se for específico para administração de empresa ou contador (graduados), eu “tendo” MBA em administração, poderia prestar esse concurso?
    No aguardo…Obrigada!

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      04/04/2014

      Vanessa,

      Quando se abre concurso e não se especifica a graduação, qualquer um que tenha nível superior pode fazer. Já no caso de Adm, o qual você cita, é preciso ser graduado em Adm, ok? Quanto a eliminar disciplinas se forem equivalentes tanto faz ser no presencial quanto na faculdade EaD.
      Abs. e volte sempre.

      Responder

  58. Josy

    07/04/2014

    Olá amigos,
    Meu sonho e fazer gastronomia,quero fazer bacharelado,porém onde moro as faculdades só oferecem o tecnológico,sendo assim vou fazer o que está ao meu alcance,mas quero saber se depois tendo a chance posso me especializar e me tornar bacharel ou tenho que começar tudo novamente?

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      16/04/2014

      Josy,

      Com a graduação do curso tecnológico você poderá até fazer doutorado se quiser, porém, tecnológico é um curso e “bacharelado” é outro, como bem descrito no artigo.

      Responder

  59. Antonio Carlos

    14/04/2014

    sou coordenador de uma escola de informática, sou formado em tecnólogo em banco de dados, eu sempre brinco e digo: não trocaria “um professor de informática” com ensino médio ou cursando por um bacharel recém formado , já formei alunos meus e tornei professores de informatica “instrutores de informatica” como dizem os professores da escola tradicional que fizeram jovens amar essa ferramenta, enquanto vários com canudos não conseguiu manter uma turma por um mês, hoje como coordenador recebo aqueles recém formado que acham que estão com rei na barriga, que nunca trabalharam e já querem ganhar milhares de reais, vamos lembra que a banda não toca assim: diploma não significa que vai ter que ganhar aquele salário que o cronograma da faculdade coloca, a dedicação profissional vale mais. sucesso a todos, estou tentando uma carreira publica mas realmente as banca tenta impedir os tecnólogos exigindo e bacharelado.

    Responder

  60. Matheus

    15/04/2014

    Boa tarde.
    Na atual realidade do mercado de trabalho, acredito que os cursos tecnólogos é sim uma boa opção para quem acredita no dinamismo desse mercado. O curso de Gestão Comercial e dos que me atrai bastante.
    Gostaria de me informar mais sobre o pós curso. Quais são os cursos de MBA/Pos graduação são os mais afins da área. (Acredito que isso depende muito do objetivo de cada um. Meu intuito aqui e apenas me informar mais sobre a as possibilidades do curso)
    Agradeço a atenção e tenham todos um bom dia!

    Responder

    • Luis Marcos Leite

      16/04/2014

      Matheus,

      É muito importante você saber como está o mercado para os Gestores Comerciais na sua região antes de partir pra fazer essa graduação. Quanto as especializações para gestores comerciais achei uma MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Sugiro que faça uma pesquisa também. Abs e volte sempre.

      Responder

Deixe uma resposta









CommentLuv badge

© 2012-2014 Tecnologia da Informação - blog O Gestor All Rights Reserved -- Copyright notice by Blog Copyright